Páginas

Apresentação do Blog



"Tenho em mim todo amor do mundo" Já leu ou ouviu essa frase em algum lugar? Tenho quase certeza que sim! Pois bem, ela me define, e não é de hoje. Já me apaixonei diversas vezes e quebrei a cara também. Quem não? Tenho mania de guardar o que sinto. Não sou de falar o que sinto de cara. Sou a indecisão em pessoa. Ou será que não? Talvez sim, talvez não. Já não sei.

Nos textos que escrevo existe um pouco de mim em cada um deles, com certeza não faltará amor por aqui. Certa vez meu ex namorado me disse no comecinho do nosso namoro que eu era fria/fechada e eu simplesmente ignorei a sua opinião oque fez com que ele repetisse a mesma pergunta diversas vezes "Por que você é tão fria?" e em uma certa madrugada fiquei pensando o porque dessa minha tal frieza, e comecei a escrever para meu ex, a final eu não queria perde-lo (uma vez ele afirmou que eu era fria por não o amar o suficiente) nunca quis. Desde então, encontrei uma forma de jogar pra fora tudo que sinto, seja o sentimento bom ou não. E isso me faz tão bem, que até hoje sou grata ou Carioca por despertar em mim o amor pela escrita.

Postar um comentário